.post a img, .post img { width: 685px; height: auto; padding: 0; margin: 0px -40px 0px -40px; border: none; } -->

12 abril 2018

'Os Hereges de Santa Cruz', o livro que me encanta!

Título: Os Hereges de Santa Cruz

Autor: Enrique Coimbra

Compre: Amazon

Páginas: 336

Nota: 4.9/5

Sinopse: Três jovens ocultistas odiados pelo bairro e pelas próprias famílias conjuram uma gangue de motoqueiros que alega ser imune à morte por hospedar nefastas entidades que tornam magistas capazes de qualquer coisa — e que esses pesadelos siderais precisam de novos acólitos urgentemente.

A facilidade em fazer chover sem parar, em levantar dos mortos após overdoses de drogas ou de controlar banalmente as ações de pessoas descartadas após sexo, não vem sem cobranças que rasgam cicatrizes sangrentas para lembrar que ainda existem débitos a serem quitados — e que nenhum herege está a fim de pagar.

O livro escrito por um dos meus Youtubers favoritos, o Enrique Coimbra do canal Enrique Sem H, me fez ficar quase um ano procrastinando para que desenvolvesse um psicológico capaz de entender, interpretar e imaginar a história do seu livro que me deu um abalo ao ponto de me deixar com uma respiração ofegante, que é o livro que iremos falar hoje: Os Hereges de Santa Cruz. Logo de cara, tenho muitos elogios, agradecimento e uma única observação para fazer, o que com certeza, não seguirá um caminho pro lado negativo, muito pelo contrário. Eu realmente fixei na obra do Enrique, admirei, me abalei e curtir do inicio ao fim de todos os capítulos. 

Por que tive que preparar o meu psicológico para este livro? Logo nas primeiras páginas você vai dar de cara com palavras pesadas de sentimentos não muito legais, logo após, personagens sendo altamente castigados por terem a coragem de expressar quem são sem dar a mínima para as opiniões alheias - o que ocorre muito até fora do livro -. Todo o contexto do livro, é baseado em assuntos nada superficiais, totalmente fora do que estamos ou estávamos acostumados a ver e a ler e claro, uma liberdade adolescente que, pesa, faz-te sentir e em alguns pontos, querer fechar o livro por abalar tanto a sua capacidade psicológica.

A história inteira é contando a vida de três jovens amigos ocultistas, Écio, Guido e Thaísa, tais que, estudam magia e atividades místicas, o que me chamou mais a atenção ainda por amar assuntos espirituais e admirar todo tipo de magia, seja bom ou não. Envolve muita bebida, rebeldia e tudo aquilo que é oferecido dentro do mundo jovem quando temos uma relação frequente e intima com as ruas da nossa cidade, com o desejo de querer sempre mais, o sufoco de terceiros quando resolve assumir a sua maneira de ser e agir perante a sociedade, o uso sem controle de drogas como a única maneira de se libertar do mundo caótico que vivem.

Apesar de ter pouquíssima idade, pude perfeitamente entender toda proposta do Enrique ao decidir tudo que haveria no livro, tudo que, poderia ser transcrito para que você se coloque no lugar de um adolescente/jovem, de mente perturbada e atormentada por cobranças superestimadas, perspectivas e expectativas falhas e claro, o desejo de se libertar de tudo isso levando pessoas que só queriam ser compreendidas a descobrir o mundo sozinhas, acompanhadas de muitas bebidas baratas, cartelas de cigarro e se for encontrado, drogas, para a ilusão de melhora ser sentida por curtos momentos durante essa jornada.

Nele, pude sentir na pele e entender muitos assuntos que me rodeavam e não traziam contigo o seu conceito, a sua explicação, a sua verdade. Pude sentir o vento fresco nos momentos de liberdade, isso porque todos os detalhes foram muito bem escritos, a história em si está desenvolvida perfeitamente bem, a conversa entre os personagens nos ensina, dão aula, sobre tudo que é tratado no livro e como disse, a única observação que posso fazer é: não leia se não estiver preparado para tudo! cada abalo que senti me fez ter um auto isolamento para poder respirar um pouco, enxugar o suor e não deixar que tudo se torne um trauma. E claro, com a preparação, não tornou. Pois cada palavra é um choque de realidade, escrita numa ficção.

Muitas postagens de Comportamento foram criados a partir das reflexões que tive durante a leitura, que no dia 07 de Maio, fará um ano que adquiri o livro na Amazon. E é quase impossível eu me prender a uma leitura, o livro realmente valeu todo o esforço para ser entendido. Superou as minhas expectativas, e olha, só me deu mais animo ainda a querer mais obras do Enrique.

Enrique Coimbra
Blog: Discípulos de Peter Pan (DDPP)
Canal: Enrique Sem H
Facebook: Enrique Coimbra
Livros: Os Hereges de Santa Cruz, Sobre Garotos que Beijam GarotosUm Gay Suicida em Shangri-la

© Ilustração: Enrique Coimbra

4 comentários:

  1. Nossa Deivy, o livro deve ter uma carga emocional super forte. Gostei da indicação, vou procurar saber mais sobre o livro. Um beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi, Camila
      Realmente possui um peso muito grande e não é recomendado para qualquer um, é preciso estar preparado, ou o meu psicológico que é muito fraco para tal.

      Beijos do Deivy!

      Excluir
  2. Sua resenha me encheu os olhos! Você conseguiu capturar muito do que há de subjetivo e poético nessa obra, especialmente sobre a forte carga emocional e do uso violento dela. Obrigado por gostar, pela nota e pelas incríveis palavras! Me sinto lisonjeado e inspirado a fazer mais e melhor! ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Enrique, não sabe o quanto te admiro, gosto de ti e 'consumo' o seu conteúdo e a sua coragem sem sair da zona de conforto que os nossos criadores de conteúdo estão entrando. Muito obrigado por ter me notado, gostado e poder fazer o meu conteúdo chegar até ti.

      Beijos do Deivy!

      Excluir